Como sobreviver ao trânsito de São Paulo?

Postado em: 20 de março de 2020
Compartilhe

O trânsito é um ambiente que faz parte do cotidiano das pessoas que vivem em grandes cidades como São Paulo.

Só que cada vez mais pessoas desejam, de alguma maneira, evitar o trânsito. Para isso, optam por sair mais tarde de casa, para evitar ao máximo os horários de pico.

Mesmo assim, devido ao grande número de veículos na cidade, mesmo em horários mais tranquilos, o trânsito pode estar presente.

Mas, com uma pequena mudança no comportamento do motorista, o tempo dentro do carro pode diminuir ou se tornar mais agradável. Confira.

Escolhendo o horário

A maioria das pessoas usa seu veículo no dia a dia para trabalhar e estudar. Por isso, o ideal é se planejar e sair de casa com antecedência.

São Paulo é uma cidade muito grande e é comum que as pessoas precisem atravessá-la para chegar ao seu destino. Por isso, acordar mais cedo e sair de casa com antecedência é importante.

Evite horários de pico

Os horários de pico são aqueles com fluxo mais intenso no trânsito. Trata-se do horário que a maioria das pessoas saem ou entram no trabalho. Sem contar os horários de entrada e saída dos alunos da escola.

Por ser um momento muito estressante, é comum que o motorista já entre no carro pensando no trânsito que vai enfrentar.

Por isso, o ideal é que as pessoas encontrem horários opcionais que possam ajudá-las a diminuir o tempo no trânsito. 

Uma dica seria sair de casa uma hora mais cedo ou uma hora mais tarde do horário de pico. O mesmo vale para a saída do trabalho.

Esteja por dentro do trânsito

Outra dica interessante é se informar a respeito da situação do trânsito, antes de sair de casa ou do trabalho.

Essas informações podem ser obtidas de diversas maneiras, como na internet e em alguns aplicativos. Caso você não vá ao trabalho ou à escola em uma viagem de balão, o melhor é se precaver.

Importância da manutenção do veículo

Uma das principais causas de engarrafamento em São Paulo são carros que quebraram ou deram algum problema no meio da rua. Claro, imprevistos podem acontecer, mas a revisão periódica pode reduzir muito esses incidentes.

Portanto, é fundamental que, além de verificar a renovação de CNH bloqueada, também sejam realizadas as manutenções no veículo. Para isso, é importante verificar:  

  • Pneus;
  • Alinhamento e balanceamento;
  • Situação dos freios e embreagem;
  • Troca de óleo.

Existem outros cuidados quando da manutenção do veículo que serão determinados pelo mecânico. Mas, além disso, também é importante que o próprio motorista vistorie o carro de sair.

É importante checar o nível de água ou fluido, e também o nível de óleo e os faróis. Estes cuidados básicos e simples podem evitar muito transtorno no trânsito caótico de São Paulo.

Dicas para encarar o trânsito

A gente sabe que, mesmo seguindo todas essas dicas, às vezes o trânsito é inevitável e, até mesmo, um engarrafamento. Por isso, nessas horas é importante saber relaxar e tornar o momento o menos estressante possível.

Uma boa dica é comer alguma coisa, como um biscoito de polvilho sem lactose, para enganar o estômago e superar as horas no trânsito. 

A fome por si só já deixa muita gente de mau humor, e no trânsito pode ser pior ainda. Por isso, aprecie algo fácil de comer quando estiver no trânsito.

O rádio é um excelente companheiro nesses momentos, pois além de ouvirmos as músicas preferidas, ainda nos mantemos informados sobre tudo o que acontece.

Caso o veículo não tenha rádio, coloque uma boa playlist no celular e você nem vai perceber como o trânsito passou.

Quem está em um trânsito caótico com criança dentro do carro sabe o quanto isso pode deixá-las estressadas, principalmente na volta pra casa, depois de um dia todo na escola.

Por isso, uma boa dica é cantar uma música com as crianças. Além de distraí-las, vai diverti-las e mantê-las acordadas durante o trajeto, para não desregular o sono.

O trânsito é um lugar difícil, mas que faz parte da vida das pessoas que moram em grandes cidades como São Paulo. Ele é inevitável em muitos momentos, por isso, o ideal é sobreviver a ele e “driblá-lo” da melhor maneira possível.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.