SENSOR DE ESTACIONAMENTO E CÂMERA DE RÈ

SENSOR DE ESTACIONAMENTO E CÂMERA DE RÈ

O Sensor de estacionamento, antes tido como sonho de consumo, e item de luxo, agora se tornou necessidade. O item que era um privilégio de carros importados, hoje se popularizou e a tecnologia evita acidentes e riscos nos para-choques.

O sensor é um dispositivo instalado no para-choque do carro. Seu funcionamento é simples e a tecnologia é baseada no ultrassom. São cápsulas geralmente na cor do veículo, que captam obstáculos no momento do estacionamento de marcha ré.

O sensor emite uma frequência sonora muito alta, porém esse som não é audível pelo ouvido humano. Esse sinal sonoro é refletido no objeto mais próximo e retorna para o sensor. O tempo que o sinal demorar para fazer esse bate e volta vai indicar a distância para o objeto. A central detecta a distância e emite um aviso sonoro, dividido em três estágios de bip. Quanto mais próximo o veículo de um obstáculo, menor o intervalo entre os bips.

Algumas marcas, como Mercedes-Benz, desenvolveram dispositivos que auxiliam a manobra por voz. O condutor aproxima o carro de onde deseja estacionar e ativa o sistema. A partir de então o dispositivo dá as coordenadas para o motorista seguir, como quando esterçar a direção, quando ir para trás, para frente, etc.

Outro item importante que integra o sensor de estacionamento, é a câmera de ré. Apesar de não ser obrigatória, vários modelos brasileiros oferecem a câmera, que é automaticamente acionada com a ré. E sua imagem é projetada, em geral, no painel. Alguns outros automóveis exibem a imagem da câmera no espelho retrovisor. Muitos motoristas acham que sua finalidade é exclusivamente para auxiliar nas manobras, mas é também para evitar acidentes.

O sucesso das imagens obtidas a partir das câmeras de ré está levando vários fabricantes a imaginar que elas venham a substituir também os espelhos retrovisores externos. Elas são muito mais eficientes pois aumentam o alcance de visibilidade do motorista.

Em relação ao preço, o custo é acessível. È necessário levar em consideração que acidentes domésticos e possíveis arranhões nos para-choques podem ser evitados.

Importante lembrar que a instalação correta, não altera a garantia do veículo e o ganho de segurança é indiscutível.

Veja as oficinas que prestam este serviço