O que é uma gestão de frota

O que é uma gestão de frota
Postado em: 12 de dezembro de 2020
Compartilhe

O que é uma gestão de frota

A gestão de frota, como o próprio nome sugere, refere-se ao ato de administrar, organizar e controlar os veículos de uma determinada empresa, conhecendo os trajetos, as informações sobre os carros (combustível, manutenção, pedágios), entre outros.

É um trabalho fundamental para todos os tipos de empresas que mantém uma frota de veículos logísticos, seja para entrega de mercadorias, ou para recebimento de insumos.

Além disso, o gerenciamento de frotas não se aplica somente aos grandes parques industriais ou estabelecimentos, que contam com incontáveis ônibus ou caminhões na garagem. Mas sim, é um trabalho destinado também às empresas com veículos reduzidos.

Isso porque independentemente do número de equipamentos usados para a logística, é fundamental ter ao lado um sistema de controle de acesso e gerenciamento dos veículos, para evitar quaisquer contratempos.

No artigo de hoje, saiba mais o que é uma gestão de frota e como funciona esse trabalho. Acompanhe a leitura!

Para que serve a gestão de frotas?

A gestão de frotas é fundamental para garantir a máxima eficiência e produtividade das empresas. Afinal de contas, administrar os veículos e os processos logísticos é uma maneira de controlar as informações de modo mais preciso.

Como consequência, há uma maior economia de tempo e dinheiro. Isso porque os dados obtidos ajudam na tomada de decisões mais assertivas. 

Por exemplo, os gestores podem verificar como os motoristas estão dirigindo, a qualidade do veículo e a quantidade de combustível que está sendo gasto.

No entanto, o trabalho necessita de operações sistematizadas e uma equipe qualificada.

Por esse motivo, hoje em dia há uma empresa de monitoramento focada na gestão de frotas, que faz o acompanhamento de todos os veículos usados no transporte de mercadorias e recepção de insumos.

Como dito anteriormente, qualquer empresa pode contratar um serviço de gestão de frotas. Contudo, a compra de um sistema de controle é mais frequente por estabelecimentos que lidam diariamente com os veículos, como agências de viagens e de transporte de produtos.

Vale dizer que a gestão de frotas também contribui para melhorar o clima organizacional dentro da sua empresa.

Isso porque os motoristas e colaboradores envolvidos no processo têm dados mais precisos sobre seus trabalhos, o que facilita a execução das atividades propostas.

Como criar uma gestão de frotas eficiente?

Atualmente, com o avanço da tecnologia e o aprimoramento dos softwares, é possível ter uma organização das frotas diretamente com um sistema de gestão empresarial

Dessa forma, o gestor tem à sua disposição todas as informações pertinentes sobre as atividades corporativas.

Porém, é imprescindível escolher o sistema de gestão que mais se adequa às necessidades da empresa. A seguir, separamos algumas dicas para criar uma organização das frotas mais eficiente. Confira!

1 – Faça um diagnóstico da frota

O primeiro passo é conhecer todos os veículos da sua empresa. Sendo assim, no diagnóstico da frota, é importante:

  • Listar todos os veículos da empresa (carros, ônibus, caminhões);
  • Descrever o estado de cada um dos veículos;
  • Anotar os quilômetros rodados por mês;
  • Verificar os salários dos motoristas;
  • Analisar se a direção é defensiva.

Após reunir esses dados, é possível ter uma visão mais objetiva da situação da sua frota e, consequentemente, é mais fácil escolher o sistema de gestão adequado.

2 – Tenha uma política da empresa

Ter uma política de frota na sua empresa é uma forma de estabelecer certas regras e critérios que devem ser seguidos por todos que estão envolvidos no trabalho.

Com isso, é mais fácil controlar a gestão, além de reduzir custos, pois todos sabem exatamente o que deve ser feito.

3 – Instale o sistema de gestão

Depois de realizar as iniciativas propostas acima, é o momento de instalar o sistema de gestão de frotas. Caso a própria empresa decida controlar essa dinâmica, é fundamental treinar os funcionários para que eles saibam como o software funciona.

Aos motoristas, vale mostrar as especificações dos rastreadores. Isso vai evitar contratempos e, além disso, promoverá um aprimoramento da direção defensiva, já que eles sabem que as informações são coletadas em tempo real.

Conclusão

A gestão de frotas é um processo de otimização. Com esse sistema, é possível controlar e gerenciar melhor os veículos envolvidos no transporte e trabalhos logísticos da sua empresa, tendo maior controle das informações e redução de gastos desnecessários.

Hoje, com o avanço da tecnologia, esse processo se torna ainda mais fácil com o auxílio de softwares e sistemas integrados de gestão. Por isso, vale a pena investir nesse tipo de inovação para o seu negócio.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.